A cidade pode ser eterna, mas a coleta de lixo dura muito pouco ou não existe.

O lixo toma conta das ruas de Roma, especialmente as do subúrbio.

Roma tem sido uma cidade caótica desde os primórdios. De uns anos para cá, a situação tem se agravado.

A coleta de lixo tem piorado, deixando muitos morados estarrecidos, turistas em choques e crianças quase sem ir às aulas.

Especialmente nos bairros afastados do rio Tibre, vê-se resultados da pouca ou nenhuma coleta de lixo, Fezes de cachorro pela rua e sacos plásticos espalhados em canteiros, calçadas e até no meio da rua. Tudo isso deixa a caminhada numa das cidades mais belas da Europa uma experiência até perigosa. No final de 2018, em algumas ruas da capital italiana, a coleta de lixo não acontecia há mais de dez dias.

Uma crise que começou há muito tempo mas que agravou-se no início de dezembro de 2018 com a explosão de um dos principais aterros, que ficava nos arredores da cidade.

A Prefeita Virgínia Raggi, conhecia como La Raggi, já deu mostras de que conhece bem o problema, mas não tem oferecido até o momento qualquer solução que melhore o problema no curto prazo.

Ao contrário da bandeira do seu partido, o Movimento Cinco Estrelas, sua administração tem sido taxada ineficiente, corrupta e ausente.

Recentemente, Raggi venceu um processo de impeachment no qual era acusada de inabilidade de gerir os problemas da cidade. Ela classificou o ocorrido como perseguição política da esquerda e da direita. Pouco antes das festas de fim de ano, deu vários desabafos para as TVs italianas.

Calçadas bloqueadas e semanas sem coleta: Moradores têm reagido à completa falta de serviços públicos essenciais.

Independente do seu futuro político, o problema do lixo continua. Após as festividades de ano novo, o volume concentrado pelas ruas era tão grande que escolas primárias ameaçaram não abrir depois das férias. Para quem está hospedado ou mora nas bordas da cidade, a cena de calçadas inteiramente bloqueadas por sacos plásticos de lixo eram impressionantes.

Diversos protestos subiram o monte Capitolino para protestar próximo à prefeitura da cidade.

Em subúrbios como Óstia, a população ateia fogo ao lixo no meio da rua. Em um desses episódios o fogo alastrou-se e atingiu quatro carros.

O lixo não só enfeia a paisagem da cidade, que é o terceiro destino turístico mais frequentado da Europa, como já provoca olhares fora da Itália.

Há alguns anos, a correspondente do New York Times, Rachel Donadio, escreveu sobre o assunto e ela própria optou por estar baseada em Paris para fugir “dos péssimos serviços públicos”.

O colapso da coleta de lixo em Roma faz a vida na cidade cada vez mais impraticável
A situação já gerou muitos protestos, alguns envolvendo vandalismo. Nas festas de ano novo, fogo foi ateado em caçambas, atingindo três veículos estacionados.

A opinião dos americanos importa pois são dos EUA grande parte dos turistas que lotam as ruas da cidade. Vários artigos no próprio Times e em outros jornais de língua inglesa já chamaram a atenção para a cidade “em ruínas”, e para o desleixo com a cidade Patrimônio da Humanidade. A revista New York dedicou um vídeo sobre o assunto.

Essa cobertura negativa deixa os italianos envergonhados, mas não tem sido o suficiente para trazer qualquer mudança até aqui.

Entre os problemas estruturais que estão por trás da crise do lixo, não só em Roma, mas ecomo em outras partes da Itália (Nápoles, Palermo são algumas das cidades que também enfrentaram os mesmos problemas) estão o controle dos serviços pela máfia, a ausência de um plano sustentável e a má administração. O alto déficit público também impede que licitações sejam realizadas de forma a englobar mais serviços. Um secretário do governo Raggi chegou a culpar o aumento da produção de lixo como um dos motivos, o que nem de longe o que, para a maioria dos moradores, é um histórico problema de má gestão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.